A Tether, conhecida por sua stablecoin USDT e Tether Gold (XAUT), anunciou na sexta-feira (19), sua expansão para a rede TON (The Open Network), blockchain que vem sendo adotada pelo Telegram. Esse movimento é uma etapa significativa para a Tether, ampliando sua presença para um total de 15 redes, incluindo Ethereum, Tron, Solana e Avalanche.

Publicidade

Paolo Ardoino, CEO da Tether, ressaltou que essa expansão facilitará transferências de valor e aumentará a atividade e liquidez na rede, oferecendo aos usuários uma experiência financeira comparável à do sistema tradicional.

A Fundação TON informou que em breve os usuários poderão sacar moedas fiduciárias compatíveis diretamente para contas bancárias ou cartões. Além disso, foram designados 11 milhões de Toncoin como incentivo à adoção do USDT na rede, por tempo limitado.

Publicidade

Ao mesmo tempo, a TON e sua criptomoeda, Toncoin, estão experimentando um crescimento exponencial. O preço do Toncoin atingiu US$ 7,20 por unidade, refletindo o otimismo em torno da rede. A TON também demonstrou interesse em memecoins, lançando um “centro cultural virtual” para esses ativos em seu ecossistema.

USDT chega à blockchain Ton

Publicidade

Por meio do programa “The Open League”, a TON oferece incentivos aos usuários, que podem participar de uma competição por recompensas. Existem três categorias: fácil, intermediário e especialista, permitindo que os participantes escolham a que melhor se adequa às suas habilidades.

É importante observar que, embora os memecoins sejam uma tendência crescente, muitas são baseadas em piadas da Internet e podem ser voláteis. No entanto, a Fundação TON também permite que os usuários criem suas próprias memecoins sem a necessidade de experiência em codificação, oferecendo modelos de código aberto e opções personalizadas.

Depois de criar o token, os desenvolvedores devem escolher o futuro que ele terá, por exemplo, lançando-o através de uma pré-venda ou através de airdrops, ou dando-lhe alguma utilidade através da criação de uma “mini aplicação” no Telegram.

Source: CriptoFacil

Share.