A Semler Scientific, empresa que trabalha com tecnologia de software para o setor médico dos Estados Unidos, anunciou um investimento de US$ 40 milhões em Bitcoin (BTC). De acordo com os documentos revelados pela empresa, o valor resultou na compra de 581 BTC.

Continua após a publicidade..

Com essa compra, a Semler Scientific afirmou que a criptomoeda servirá como o principal ativo de reserva do tesouro da empresa. A estratégia é a mesma utilizada por empresas como a MicroStrategy e japonesa Metaplanet, que também compraram BTC.

De acordo com a diretoria da Semler, houve um processo de escolha para definir qual ativo comporia o caixa da empresa. No final, a escolha ficou com o BTC devido à sua utilidade e alto potencial como reserva de valor.

Mas quem realmente se beneficiou da compra de BTC foram os acionistas, pois os papéis da Semler (SMLR) tiveram alta de 30% após o anúncio. O preço da ação está em US$ 30,20 até o fechamento desta matéria.

Ações da Semler disparam após compra de Bitcoin. Fonte: TradingView.

Estratégia de reforçar o caixa

O conselho de administração da Semler Scientific confirmou a adoção do Bitcoin como sua principal reserva de tesouro, sinalizando confiança na estabilidade e no potencial da criptomoeda. Eric Semler, presidente da empresa, enfatizou a decisão estratégica.

“Nossa estratégia e aquisição de Bitcoin como parte do nosso tesouro destacam nossa confiança no Bitcoin como uma reserva confiável de valor e uma opção de investimento sólida”, afirmou.

Continua após a publicidade..

Além disso, Semler considera o Bitcoin uma importante classe de ativos, com um valor de mercado superior a US$ 1 trilhão, apoiando o seu potencial como investimento. Nesse sentido, Semler apontou características como a escassez e a natureza finita da criptomoeda como únicas, proporcionando uma proteção razoável contra a inflação.

Outro motivo que levou à escolha do BTC como ativo de reserva foi a sua resiliência digital e arquitetônica. Semler aponta que o BTC é superior a outras classes de ativos, como o ouro. A empresa chegou a considerar o metal, mas desistiu ao ver a superioridade do BTC, afirmou Semler.

Escolha pelo Bitcoin

Antes de adotar o BTC, a Semler Scientific passou um tempo considerável avaliando diferentes ativos. A empresa explorou exaustivamente a viabilidade de dinheiro, títulos do Tesouro dos EUA e o ouro como alternativas, até que optou pelo Bitcoin.

Continua após a publicidade..

A tendência de adoção do Bitcoin por grandes empresas se fortaleceu no início do ano, quando a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) aprovou os ETFs de Bitcoin. Os fundos deram uma nova forma das empresas adquirirem BTC no mercado sem precisar comprar diretamente a criptomoeda.

No entanto, muitas empresas ainda escolhem adquirir BTC diretamente por causa das vantagens da auto-custódia da criptomoeda, como a segurança e proteção contra confiscos.

Curiosamente, as ações da Semler atingiram sua máxima histórica na mesma época do Bitcoin, em novembro de 2021, quando chegaram a US$ 150. Só que desde então, os papéis da empresa registram queda de 79%, mesmo levando em conta a alta desta terça-feira (28).

 

 

 

 

Source: CriptoFacil

Share.

Eu sou a Joseana, criadora do GANHANDO GRANA. Sou apaixonado por ajudar as pessoas a alcançar o sucesso financeiro, e acredito que o conhecimento é o poder. O GANHANDO GRANA é um site dedicado a fornecer informações valiosas sobre vagas de emprego, finanças pessoais e mercado financeiro. Nosso conteúdo abrange uma ampla gama de tópicos. Além disso, oferecemos uma seção de renda extra/renda online, com informações sobre como ganhar dinheiro adicional ou começar seu próprio negócio online. Acredito que todos têm o potencial de alcançar o sucesso financeiro, e estou aqui para ajudá-lo a alcançar seus objetivos. Acesse o GANHANDO GRANA hoje mesmo e comece a trilhar seu caminho para o sucesso!