Com ajuda dos volumes do mercado, o Bitcoin (BTC) abriu em queda de 2,7% e atingiu o preço de US$ 62.418 nesta quarta-feira (8). A queda praticamente apagou todos os ganhos da semana, e o Bitcoin hoje opera no negativo em quase 2%.

Publicidade

Essa perda fez o preço cair da região de US$ 64.000, que até então marcava uma estabilidade do mercado nos últimos dias. Além disso, a queda da criptomoeda afetou todo o Top 10, com destaque para a Solana (SOL), cujas perdas chegaram a 6,5%. Em seguida veio a Dogecoin (DOGE), que caiu 6%.

O Ethereum (ETH) também perdeu valor e caiu o mesmo que o BTC: 2,7%, o que o fez chegar a US$ 2.986. Já no Brasil, a cotação do ETH abriu o dia em R$ 15.151, enquanto o Bitcoin vale R$ 316.223. Nos dois casos, as quedas percentuais em reais foram similares aos movimentos no exterior – 2% e 2,5%, respectivamente.

Quanto às criptomoedas do Top 100, também houve perdas significativas de valor, com mais de 80% delas abrindo o dia no vermelho. A memecoin WIF caiu 10,5% e liderou as perdas do dia, com a AGIX ocupando o segundo lugar com queda de 8,8%.

Publicidade

Pelo lado das valorizações, apenas a RUNE (3,2%) e a Tron (2,1%) registraram ganhos maiores que 2%. Os tokens ENA e LEO também abriram o dia em alta, mas com resultados de apenas 1,6% e 1,4%, respectivamente.

Volumes e realização de lucros afetaram Bitcoin hoje

Durante os últimos dias, o Bitcoin teve uma curiosa inversão entre os movimentos de preço e de volume de mercado, conforme aponta o gráfico abaixo. Quando o preço se valorizou, os volumes caíram, demonstrando fraqueza no movimento. Por outro lado, a queda no preço veio acompanhada de forte alta nos volumes.

Análise BTC. Fonte: Bitget.
Publicidade

Para Fernando Pereira, analista da Bitget, o movimento reforça que houve uma maior realização de lucros quando o BTC subiu de US$ 60.000 para US$ 64.000. A alta do volume indica mais força compradora nas vendas, o que deve se repetir nos próximos dias.

“É importante observar o movimento no volume de negociação do Bitcoin nos últimos dias. Tivemos um volume decrescente na alta e crescente na baixa, o que mostra que investidores realizaram lucro nessa alta de quase 10% do final de semana. Provavelmente o preço recuará para US$ 60.000 novamente”, explicou o analista.

De fato, o maior obstáculo para as altas do BTC hoje é o crescimento do volume em momentos de venda, pois isso mostra que ainda há vários traders que não realizaram lucros. Somente após o final dessa fase é que o mercado deve se consolidar e voltar a registrar novas máximas de preço.

 

 

Source: CriptoFacil

Share.