Nas últimas 24 horas, o Bitcoin (BTC) voltou a ganhar destaque após valorizar forte e romper os US$ 70.000, chegando até os US$ 71.000. A principal razão dessa alta é o aumento na demanda do BTC pelos ETFs, bem como o acúmulo por parte de grandes investidores.

Publicidade

O mercado recebeu um fluxo de mais de US$ 230 milhões, acelerando a valorização do BTC e quebrando todas as barreiras. Agora, o maior desafio é romper o topo histórico anterior, que está na zona dos US$ 74.000, o que pode causar liquidações na ordem de US$ 1,45 bilhão. Se isso acontecer, o caminho até novas máximas não possui praticamente nenhuma resistência.

Mas além do BTC, outro token também deve se valorizar com grande intensidade nesse movimento: o 99 Bitcoins (99BTC). Criado na rede do Bitcoin, esse token une uma plataforma educacional que utilizam um modelo inovador de ganhos. Veja quais impactos o movimento atual pode ter nas duas criptomoedas.

Onde o Bitcoin pode chegar?

O momento atual do BTC indica que os compradores estão atualmente no controle, em busca de renovas as máximas. Isso é indicado pelo Índice de Força Relativa (RSI), que ultrapassou a marca de 50%, atingindo um nível de 68,90.

Um RSI acima de 50% sinaliza um retorno ao impulso de alta e o domínio do sentimento de otimismo ou ganância. Com a volta do BTC aos US$ 70.000 abriu o caminho para uma recuperação. Com esse novo teste, o BTC deve buscar a zona próximo da sua máxima histórica, por volta de US$ 74.000.

Em 19 de maio, o BTC fechou a semana com um aumento de 6%, chegando a US$ 70.920,36, um movimento que estabilizou a tendência de alta. A quantidade de contratos em aberto no Bitcoin aumentou 5,47% nas últimas 24 horas e está avaliada em US$ 18,7 bilhões.

Publicidade

Dada a atual dinâmica do mercado e os indicadores de alta, os analistas de mercado preveem que o Bitcoin poderá continuar sua trajetória ascendente, enfrentando potencialmente liquidações significativas se atingir a marca de US$ 74.300. Dependendo do nível dessas liquidações, o BTC pode disparar de preço sem qualquer freio.

Puxando o 99BTC

Como está claro pelos números, o BTC está longe de “morrer” como muito dos seus críticos afirmaram que aconteceria. De fato, o ano de 2024 registrou apenas duas “mortes” do BTC, segundo o site Bitcoin Obituaries. E esse site tem tudo a ver com o token que pode explodir na esteira da valorização do Bitcoin.

O Bitcoin Obituaries é um site que tem a gestão da 99 Bitcoins, uma plataforma de conteúdo educativo sobre criptomoedas. De acordo com seus dados, ela conta com mais de 70 cursos em áreas que vão desde blockchain, ICO, como usar Bitcoin e quais as melhores carteiras.

Voltada para experientes e novatos do mercado, a 99 Bitcoins terá um modelo inovador de ensino chamado learn-to-earn. Esse modelo premiará os alunos com tokens todas as vezes que eles assistem a alguma aula.

Publicidade

Ou seja, para cada conteúdo assistido, o aluno receberá uma quantidade de tokens 99BTC, que atualmente estão na fase de pré-venda. Esse modelo fez tanto sucesso que o 99BTC já alcançou a marca de US$ 1,4 milhão arrecadados na pré-venda e virou um dos tokens favoritos dos aficionados por compras antecipadas.

Além do bônus de ganhar um token que pode se valorizar, os detentores do 99BTC podem trocá-los por cursos, webinars exclusivos com analistas profissionais, grupos exclusivos para membros e até mesmo sinais de trading. Quanto mais módulos de aprendizagem um usuário concluir, mais 99BTC ele ganhará.

E por fim, a pré-venda tem a segurança da rede do Bitcoin, pois o 99BTC é um token emitido no formato BRC-20. Esse formato traz mais segurança na criação de NFTs, aplicativos descentralizados (dApps) e outras aplicações no Bitcoin.

Se você ainda não garantiu os seus 99BTC, corra antes que a pré-venda acabe. Acesse o site oficial do projeto e compre seus tokens.

 

 

 

 

Source: CriptoFacil

Share.