O presidente executivo da MicroStrategy, Michael Saylor, fez uma declaração ousada contra o Ethereum (ETH), e de certa forma, endossou a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC). Durante o segundo dia da conferência MicroStrategy World, que ocorreu na quinta-feira (2), Saylor afirmou que o ETH é um valor mobiliário.

Publicidade

Com isso, o executivo ecoou a opinião da SEC, que classificou a criptomoeda dessa forma. Além disso, Saylor criticou os pedidos de ETFs de Ethereum, se mostrando contra a sua aprovação. De fato, Saylor afirmou que a SEC pode “nunca” aprovar esses fundos.

Michael Saylor ataca o Ethereum

Além de atacar o Ethereum e chamá-lo de título, Michael Saylor acrescentou que há uma probabilidade muito alta de que a SEC não aprove os ETFs. Nove pedidos estão sob análise da agência, que tem o prazo até 23 de maio para dar as primeiras respostas.

Famoso defensor do Bitcoin (BTC), Saylor afirmou que apenas esta criptomoeda se enquadra como commodity. Nesse sentido, o executivo previu que outras criptomoedas, como BNB, Solana (SOL), XRP e Cardano (ADA), também entrarão na classificação de valor mobiliário da SEC.

“Nenhum deles será incluído em um ETF à vista, nenhum deles jamais será aceito em Wall Street”, declarou Saylor.

Publicidade

Enquanto criticou outras criptomoedas, Saylor afirmou firmemente que o Bitcoin (BTC) é o único a alcançar a plena aceitação institucional. Reforçando seu famoso bordão de que “não há um segundo melhor”, o fundador da MicroStrategy afirmou que somente o BTC atende aos interesses de Wall Street.

Somente no primeiro trimestre de 2024, a MicroStrategy realizou a compra de US$ 1,65 bilhão em BTC para suas reservas corporativas. A empresa já acumula um valor correspondente a mais de 1% de toda a oferta de 21 milhões de BTC

Publicidade

Dois dias antes, a MicroStrategy também revelou seu Produto de Identidade Descentralizada (DID, na sigla em inglês) baseado em Bitcoin, chamado MicroStrategy Orange. A empresa também mudou sua abordagem para se tornar uma companhia com foco na tecnologia do Bitcoin.

Futuro dos ETFs de Ethereum nos Estados Unidos

Várias gestoras como BlackRock e Fidelity pressionam a SEC para aprovar um ETF de Ethereum à vista, mas essa pressão não chega aos níveis do que foi com o BTC. Por isso, os analistas de mercado diminuíram suas expectativas de aprovação desse fundo.

A ConsenSys abriu uma ação judicial contra a SEC dos EUA e quer declarar o ETH como um valor não mobiliário. Mas os analistas colocam em menos de 30% as chances de aprovação de um ETF de Ethereum em maio.

À medida que as investigações da SEC sobre o ETH se desenrolam, é evidente que os ETFs podem enfrentar obstáculos num futuro próximo, levando a novas batalhas legais. Esses fundos ofereceriam às empresas e investidores de Wall Street um meio de obter exposição indireta ao ETH, contornando a necessidade de utilizar exchanges para comprar a criptomoeda.

 

 

Source: CriptoFacil

Share.