Os ETFs spot de Bitcoin nos Estados Unidos registraram saídas líquidas de capital pelo quarto dia consecutivo, igualando a mais longa sequência de baixa em suas 10 semanas de negociação.

Publicidade

Os 10 fundos de BTC sofreram saídas líquidas totalizando US$ 94 milhões no fechamento de quinta-feira (21), totalizando um sangramento acumulado de US$ 836 milhões até agora nesta semana, de acordo com dados da Farside Investors.

Os ETFs de Bitcoin nos EUA acumularam US$ 11,3 bilhões em entradas líquidas desde o lançamento em 11 de janeiro. Os fundos viram cerca de US$ 2,5 bilhões de capital entrar nos fundos na semana passada, um recorde histórico em um período tão curto.

Mas as saídas líquidas do Grayscale Bitcoin Trust ETF (GBTC) atingiram o pico na segunda-feira em US$ 642 milhões, superando os US$ 452 milhões de entradas líquidas do iShares Bitcoin Trust (IBIT), o ETF de crescimento mais rápido do segmento.

Publicidade

No geral, as saídas líquidas médias diárias do GBTC nos primeiros quatro dias desta semana foram de US$ 458 milhões – superando as entradas líquidas médias diárias durante esse período para o IBIT da BlackRock, que é de US$ 202 milhões.

As saídas eram esperadas para o GBTC, que anteriormente era um trust listado nos mercados de balcão, com ações negociadas com desconto nos últimos anos. Ele é precificado significativamente mais alto do que os outros ETFs de Bitcoin, com uma taxa de 1,5%.

ETFs de Bitcoin

Publicidade

O credor falido Genesis também recebeu aprovação no mês passado para despejar aproximadamente US$ 1,6 bilhão em ações do GBTC – um potencial impulsionador do êxodo.

As recentes saídas ocorreram à medida que o preço do Bitcoin caiu nesta semana nos dias após atingir uma nova máxima histórica acima de US$ 73.500. O preço do BTC se recuperou desde então, mas voltou a cair abaixo de US$ 63 mil nesta sexta, 22.

Alguns observadores da indústria disseram esperar outra onda de entradas para os ETFs spot de Bitcoin assim que mais corretoras – como Morgan Stanley, Merrill Lynch, Wells Fargo e UBS – liberarem tais fundos para seus clientes.

O diretor de investimentos da Bitwise, Matt Hougan, disse durante um painel na Blockworks’ Digital Asset Summit que esperava que tais plataformas pudessem começar a aprovar o acesso aos fundos de Bitcoin antes do halving.

Source: CriptoFacil

Share.