Em mais um forte dia de queda, o Bitcoin (BTC) intensificou o período de correção pós-máxima histórica. De acordo com o CoinGecko, o preço do Bitcoin hoje, dia 19 de março, caiu 7% e abriu o dia cotado a US$ 62.761. Já no Brasil, a cotação teve uma queda levemente maior (7,4%) e fez o BTC abrir o dia valendo R$ 315 mil.

Publicidade

Com essa forte correção, todas as criptomoedas do Top 10 abriram o dia no vermelho, com o maior destaque ficando com a Solana (SOL), que caiu 16%. Além de registrar a maior queda, a SOL também perdeu a 4ª posição em valor de mercado para a BNB, que perdeu “apenas” 11,6%.

AVAX e Cardano (ADA) também registraram quedas fortes, perdendo 13% e 12%, respectivamente, e a XRP teve a menor queda: 5,4%. O Ethereum (ETH), por sua vez, caiu 11,2% e abriu o dia valendo US$ 3.256, bem abaixo do recorde anual de US$ 4.000 visto na semana passada.

Correção pós-halving e memecoins voltam a cair

Neste momento, o Bitcoin vem de uma correção de 12% desde sua máxima histórica em cerca de US$ 73.500. Mas historicamente, o preço de fato tende a sofrer correção antes do halving, que deve ocorrer nos próximos 30 dias. Portanto, o movimento atual é esperado dentro da normalidade dos ciclos de alta da criptomoeda.

Publicidade

De acordo com o analista Fernando Pereira, da Bitget, esse movimento ainda pode se intensificar à medida que o dia do corte se aproxima. Se isso acontecer, o BTC pode experimentar perdas que levarão seu preço abaixo de US$ 60.000

Publicidade

“Acredito que nos dias próximos ao halving (seja antes ou depois) devemos atingir um recuo de 20% a 30%, devido ao grande aumento de pequenos players entrando no mercado, que acaba servindo de liquidez para que grandes players realizem seus lucros do ano”, disse Pereira.

Se essa correção acontecer, o Bitcoin pode atingir uma mínima de US$ 43.000 até o dia do halving, para depois retomar o caminho rumo a novas máximas.

Já entre as maiores quedas do Top 100, as memecoins voltaram a se destacar ocupando as três maiores quedas. Quem liderou as perdas foi a BONK, com queda de 21,4%, seguida pela Floki Inu (FLOKI), com queda de 19%. A Dogwifhat (WIF) fechou essa lista com perdas de 18,8%, a Shiba Inu (SHIB) perdeu 12% e a Dogecoin (DOGE) caiu 13%.

 

Source: CriptoFacil

Share.